fbpx

Mais uma postagem politicamente incorreta pra pra você.

29 de Agosto: DIA DO SOMMELIER.

Conteúdo protegido. Quer uma cópia? Comente, compartilhe e me chame no WhatsApp.

O que você imaginar, personalizamos pra você.

Surpreenda no presente de casamento, bodas, aniversários. Clique na imagem e saiba mais no site do fabricante.

Mas o que é e o que faz um sommelier? Qual é a origem da profissão?

Sommelier – Nome dado ao profissional responsável pela
bebida em um restaurante, bar, loja ou importadora. Em um
restaurante, o sommelier se dedica a escolher, guardar, provar e
sugerir vinhos aos clientes. A mulher é chamada de sommelière.
No site da ABS-SP temos a seguinte história: “A palavra Sommelier
vem do francês [bête de] somme = [besta de] carga + lier = amarrar,
ligar, portanto o “amarrador (ou lidador) das cargas”. Em resumo,
o carroceiro dos castelos e palácios, que, por transportar as pipas
de vinho, acabou sendo incumbido de provar seu conteúdo antes
que fosse servido aos Reis e nobres, para evitar tentativas de
envenenamentos durante o transporte.

Quando da popularização dos restaurantes em Paris no final do séc. XVIII, convencionou-se que quem trazia ou transportava o vinho ficava com a obrigação de prová-lo, não só pelo motivo exposto acima, mas também para
garantir se o produto era de boa qualidade.” Mas a definição na
Enciclopédia do Vinho é um pouco mais complexa: Some= carro de
suprimentos; lier= o que cuida de. É idêntico ao sufixo “eiro” que
no Brasil determina a profissão da pessoa: marceneiro (o que cuida
de madeira), padeiro (o que cuida do pão), etc.. Então sommelier
significa “o que cuida do carro de suprimentos”, porém, cuidar
do carro de suprimentos não era a incumbência principal do
sommelier. A principal era cuidar de tudo o que a côrte ingeria,
comidas e bebidas alcoólicas e não alcoólicas. Ele era o chefe geral
da dispensa real, responsável por provar os alimentos para
verificar se estavam de acordo com o paladar padrão e também
se não estavam envenenados. No Brasil a palavra sommelier não
existia oficialmente, apenas as casas francesas a utilizavam. Mas a
partir de 1980, quando a França aceitou um acordo com o Brasil
para que pudéssemos usar seus nomes e seus métodos de
serviços é que ela começou a ser usada de forma regular. A França
já utilizava este termo há tempos, também de forma informal, e só
passou a ser o nome oficial da profissão do especialista em bebidas
a partir da década de 1970. Isto foi resultado da padronização
feita pelo movimento Nouvelle Cuisine Française (Nova Cozinha
Francesa), que modernizou a cozinha francesa alterando métodos
de preparo e apresentação, mas principalmente o modo de servir
os pratos e as bebidas, além de, claro, dar nomes oficiais aos
profissionais da gastronomia: maitre, garçom, cheff, cumim, etc..
O texto da lei que regulamenta a profissão no Brasil está no site do
Senado. A lei valerá para os formados em cursos de especialização
em vinhos (qualquer escola, incluindo a ABS, o WSET, Senac, etc.),
ou profissionais que já tenham 3 anos trabalhando na área.


Esta postagem foi retirada do curso GUIA DO COMPRADOR DE VINHOS: OS SEGREDOS REVELADOS POR QUEM VENDE.

5 e-books, 400 págs.

Saiba tudo sobre Vinhos

Quer falar sobre vinhos como um especialista?

De R$ 49,90 por R$ 4,90

Cupom expira em 01/02/2020:

Dias
Horas
Minutos
Segundos
A promoção acabou. Aguarde a próxima.
Shape
Shape

Gostou dessa postagem?

Explore as anteriores.

Não esqueça de deixar sua crítica, sugestão ou dúvida nos comentários. AJUDE O BLOG TORNANDO-SE MEMBRO OU CLICANDO EM UM ANÚNCIO.

12 respostas

    1. É sim. É tendência mundial entre o pessoal que quer melhorar o mundo derrubando o que já está pronto pra construir outro no lugar. Se você achou nojento, você é normal como eu. Como a maioria.

  1. Sem álcool em gel já estaríamos todos mortos, mas parece que algumas pessoas não entendem como é importante ouvir os especialistas.

  2. Para o brandy ser considerado Cognac, necess rio que as uvas tenham sido cultivadas, fermentadas e destiladas na Fran a, mais especificamente na regi o de Charente, ao norte de Bordeaux. l que est localizada a cidade de Cognac, que deu nome bebida.

    1. Não. Errado.
      O Conhaque originou-se na região de Cognac, próxima a costa leste, quando marinheiros franceses, precisando de espaço nos porões dos navios, resolveram destilar o vinho popular produzido ali. Do acondicionamento dessa bebida destilada em barricas de carvalho, surgiu a cor dourada, hoje típica do conhaque. A região não fica em Bordeaux, fica longe, bem ao norte do outro lado do Garona (Garonne).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
error: Quer uma cópia do artigo? Me peça via WhatsApp. É grátis!