fbpx

Mais uma postagem politicamente incorreta pra pra você.

A IMPORTÂNCIA DA TAÇA.

Conteúdo protegido. Quer uma cópia? Comente, compartilhe e me chame no WhatsApp.

O que você imaginar, personalizamos pra você.

Surpreenda no presente de casamento, bodas, aniversários. Clique na imagem e saiba mais no site do fabricante.

Por Marcio Morena /Enófilo


Num primeiro momento uma taça pode representar apenas um mero recipiente que acolhe o vinho, no entanto, uma taça é muito mais do que isso! No mercado existe uma infinidade de taças com variados formatos e materiais, e que, para o consumidor de vinhos desavisado, podem representar apenas uma diversidade estética. Mas não é bem assim…

Atualmente, o formato de uma taça está intrinsecamente relacionado a um melhor aproveitamento das percepções aromáticas e gustativas do vinho, não sendo nenhum exagero afirmar que a taça adequada ajuda a conduzi-lo corretamente para o nariz e a boca, de maneira a realçar suas cores, seu “bouquet” e seus sabores, bem como enaltecer as características específicas de cada varietal!


Vale lembrar que alguns detalhes devem ser observador ao escolher-se uma taça correta, sendo que o primeiro ponto é primar por uma que seja totalmente transparente, haja vista que o que se quer observar é a bela coloração do vinho, com suas diversas nuances, assim como as minúsculas e charmosas borbulhas de um bom espumante, o que se torna geralmente inviável numa taça colorida!

A IMPORTÂNCIA DA TAÇA CERTA PARA O VINHO

No que concerne ao material, três opções válidas se apresentam no mercado: cristal, cristal de vidro ou simplesmente vidro. E, antes que algum leitor nos questione, as taças de plástico devem ser utilizadas de forma excepcional e em situações de total informalidade como uma praia, à beira da piscina, etc. Vale mencionar ainda que foram lançadas as chamadas “taças inquebráveis”, feitas com um material chamado “Kwarx”… mas há controvérsias.

A diferença entre esses materiais está no teor de chumbo presente. Uma taça de cristal, por exemplo, tem até 24% de chumbo, já o cristal de vidro apresenta cerca de 10%, e o vidro não tem chumbo. A importância do chumbo está na leveza, delicadeza e sonoridade que aporta à taça, tornando-a mais fina em espessura. Outrossim, as taças de cristal são mais porosas, permitindo que se consiga uma maior concentração de aromas, pois o movimento de girar o vinho no seu interior força as moléculas contra a sua parede áspera, quebrando-as.

Pensando em tudo isso é que a RIEDEL, uma empresa com mais de 250 anos de história desenvolvendo cristais de altíssima qualidade, tem se dedicado desde a década de 1960 à produção de linhas de taças, com formatos e tamanho de bojo meticulosamente desenhados para garantir que cada vinho tenha realçado suas qualidades, valorizando de maneira surpreendente todas suas nuances.

Não é nenhum exagero afirmar que a RIEDEL mudou de vez a história das taças para vinho, abandonando os modelos de pequena capacidade, grossos e lapidados, em favor de taças grandes e finas, impecavelmente transparentes, capazes de valorizar ao máximo todas as qualidades de um bom vinho. Nos dias de hoje, este é o formato tomado como padrão no mundo do vinho.

Sobre as taças RIEDEL, Robert Parker, talvez o maior crítico de vinhos da história, afirmou que, tanto tecnicamente como hedonisticamente, as taças produzidas pela secular empresa exercem um efeito profundo sobre o vinho, não sendo possível enfatizar o suficiente a enorme diferença que elas fazem.

A excelência das taças pôde ser comprovada na Master Class da RIEDEL, conduzida por Guilherme Mantovani, e realizada em parceria com a Importadora Mistral, representada pela Cristina Geremais, para apresentar a nova “Coleção VINUM XL”, considerada a sua nova geração de taças de vinho, desenvolvida para caldos arrojados e concentrados.

Trata-se de uma coleção fabricada mecanicamente em cristal na Baviera, Alemanha, composta por três tipos de taças, a “Pinot Noir”, a “Syrah” e a “Cabernet Sauvignon”. São grandes, luxuosas, e, como o nome indica, específicas para cada uma das castas citadas.

Na ocasião pudemos perceber como uma taça adequada às características de uma determinada varietal enaltece, de fato, os aromas dos vinhos a partir dela produzidos, bem como suas características gustativas!

Bordeaux e Borgonha: conheça a diferença entre as taças de vinho tinto.

Para compreender os modelos, é necessário conhecer as três partes de uma taça de vinho e como elas influenciam no paladar.

Por Revista Casa e Jardim.

Se você está adentrando o mundo dos vinhos e ainda não sabe muito bem quais taças comprar em meio a tantos modelos, saiba que é possível simplificar a escolha. Embora cada tipo de taça seja pensado para proporcionar a melhor experiência, no caso dos vinhos tintos, basta escolher entre o modelo Bordeaux e Borgonha. Depois, com o tempo, é possível sofisticar seu arsenal, com taças para vinho branco e doce.

Para entender a diferença entre os modelos, é preciso antes conhecer as três partes de uma taça: o bojo, parte mais larga onde se serve o vinho; a haste, onde se deve segurar, entre o bojo e a base; e a base, estrutura que sustenta a taça. Wildner Gustavo, mixologista da multinacional britânica Diageo, dona das marcas Smirnoff e Johnnie Walker, explica os dois modelos a seguir. 

+

Vinho (Foto: Thinkstock)
Saiba como diferenciar as taças de vinho (Foto: Thinkstock)

1. Taça Bordeaux

taça-vinho-tinto (Foto: Marco Antonio/Editora Globo)
Taça Bordeaux (Foto: Marco Antonio/Editora Globo)

Ela é feita para abrigar vinhos tintos que possuem maior concentração de tanino. O tanino é uma substância presente na casca da uva que dá a sensação de secura no vinho. Um dos tipos mais conhecidos de taninos é o Cabernet Sauvignon, mas, como o próprio nome da taça diz, o vinho de denominação de Bordeaux também é conhecido por isso. Para degustá-los melhor, esta taça possui um bojo grande que direciona a bebida para a ponta da língua.

+

Tipos de vinho (Foto: Casa e Jardim)
Diferentes tipos de taça de vinho (Foto: Casa e Jardim)

2. Taça Borgonha

taça-vinho-branco (Foto: Marco Antonio/Editora Globo)
Taça Borgonha (Foto: Marco Antonio/Editora Globo)


Ela é um pouco diferente da Bordeaux, porque nela se serve um vinho feito de uma uva mais ácida. O bojo é maior que o da Bordeaux pois, assim, o ar ali dentro irá circular muito mais e será possível sentir melhor seu aroma. O desenho da taça atinge o meio da língua e a ponta.

Quanto custa uma boa taça?

DescriçãoPara uma perfeita degustação e apresentação de seus vinhos da melhor maneira possível! Perfeitos para jantares românticos, formais, elegantes e aniversários.

Ficha técnica:
• Código: 4088190187
• Marca: Riedel
• Modelo: Taças Performance
• Conteúdo da Embalagem: 2 Taças
• Especificações do produto:
Taças com maior durabilidade
Design exclusivo
Melhor experiência com sabor e aroma
Corte a laser com borda polida feita para direcionar o fluxo de vinho direto a língua
Pode ir ao lava louças
Não levar ao micro ondas
• Material: Cristal
• Capacidade: 834ml
• Peso da embalagem: 0,326kg
• Dimensões da embalagem: 10,5cm x 10,5cm x 24cm (AxLxP)
• Garantia: 3 Meses – Contra defeito de fabricação

Onde comprar?
DULAR


Taça para Vinho Borgonha Ivento 783 ml é peça indispensável no bar ou cozinha. As taças da linha Ivento são perfeitas para pequenos e grandes eventos. Apresentam design elegante aliado a tecnologia Tritan com patente internacional, garantindo que a taça seja reluzente e altamente resistente.

Com uma história de inovação e sucesso, a alemã Schott Zwiesel, foi fundada em 1872. Desde então investe em novas tecnologias, é comprometida em proteger o meio ambiente, a conservação dos recursos e a utilização adequada de energia na fabricação de seus produtos.

Informações técnicas

Material: VIDRO
Garantia: 1 ANO
Cor: INCOLOR
Marca: SCHOTT ZWIESEL

Onde Comprar?
CAMICADO

SOBRE O PRODUTO

Os grandes vinhos potentes e amadeirados, como Brunello, Malbec e Cabernet da Califórnia, Chile ou Argentina, liberam toda sua complexidade guardada num bojo grande e largo.
A taça de cristal Bohemia modelo Bordeaux é ideal para grandes vinhos de guarda ou os poderosos do Novo Mundo.
Faça sua mesa ficar imponente e elegante com esses cristais!

HISTÓRIA

Quando o assunto é vidro e cristal, a Bohemia, da República Tcheca de longe é uma das marcas mais conhecidas no mundo. A empresa tcheca investe em modelos para todas as funções e estilos de decoração. Com foco na tecnologia, está sempre atrás da máxima precisão em cada peça. Hoje, já conseguiram implantar todo o estoque com cristal ecológico, sem chumbo, às vezes em titânio, sempre em prol da natureza.

Onde comprar?
SONOMA

Agora meus leitores já sabem que terão duas missões! Escolher o vinho e a taça! Eu indico as taças que eu uso tanto em casa quanto nos meus treinamentos: a Bohemia de 580ml acima, que no link abaixo você pode comprar em promoção. Ela é a taça mais vendida do mundo porque é a mais usada pelos restaurantes ao redor do mundo. Nos restaurantes do Brasil é quase unanimidade, 8 em cada 10 restaurantes de alta gastronomia as utilizam. Como a Amazon consegue vender o mesmo conjunto de taças por menos da metade das demais lojas? Resposta: a Amazon é a maior loja do mundo. Ela compra 45% de toda produção anual da Bohemia, os demais 65% ficam com as demais lojas e restaurantes do mundo.

Onde comprar?

AMAZON

Um beijos e um brinde!

5 e-books, 400 págs.

Saiba tudo sobre Vinhos

Quer falar sobre vinhos como um especialista?

De R$ 49,90 por R$ 4,90

Cupom expira em 01/02/2020:

Dias
Horas
Minutos
Segundos
A promoção acabou. Aguarde a próxima.
Shape
Shape

Gostou dessa postagem?

Explore as anteriores.

Não esqueça de deixar sua crítica, sugestão ou dúvida nos comentários. AJUDE O BLOG TORNANDO-SE MEMBRO OU CLICANDO EM UM ANÚNCIO.

12 respostas

    1. É sim. É tendência mundial entre o pessoal que quer melhorar o mundo derrubando o que já está pronto pra construir outro no lugar. Se você achou nojento, você é normal como eu. Como a maioria.

  1. Sem álcool em gel já estaríamos todos mortos, mas parece que algumas pessoas não entendem como é importante ouvir os especialistas.

  2. Para o brandy ser considerado Cognac, necess rio que as uvas tenham sido cultivadas, fermentadas e destiladas na Fran a, mais especificamente na regi o de Charente, ao norte de Bordeaux. l que est localizada a cidade de Cognac, que deu nome bebida.

    1. Não. Errado.
      O Conhaque originou-se na região de Cognac, próxima a costa leste, quando marinheiros franceses, precisando de espaço nos porões dos navios, resolveram destilar o vinho popular produzido ali. Do acondicionamento dessa bebida destilada em barricas de carvalho, surgiu a cor dourada, hoje típica do conhaque. A região não fica em Bordeaux, fica longe, bem ao norte do outro lado do Garona (Garonne).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
error: Quer uma cópia do artigo? Me peça via WhatsApp. É grátis!