fbpx

Mais uma postagem politicamente incorreta pra pra você.

Série BEBIDAS DO MUNDO. Himbeergeist: conhece?

Conteúdo protegido. Quer uma cópia? Comente, compartilhe e me chame no WhatsApp.

O que você imaginar, personalizamos pra você.

Surpreenda no presente de casamento, bodas, aniversários. Clique na imagem e saiba mais no site do fabricante.

O que é a Himbeergeist?

É uma “aguardente de framboesa”. As aspas são porque ela não é suco integral de framboesa destilado, como dá a entender, Himbeergeist é um Schnaps (ver detalhes abaixo) à base de frutas produzido principalmente na Alemanha e na região da Alsácia.

Na Alsácia hoje é comumente rotulado de EAU-DE-VIE de FRAMBOISE por vários motivos: evitar o nome alemão por causa dos episódios na segunda guerra e reforçar a personalidade alsaciana no mundo, são as principais.

Himbeer = destilado/espírito.

Geist = framboesa.

Em vez de ser destilado em licor a partir de um mosto fermentado de frutas frescas como um Obstler (conhaque de frutas em alemão), o Himbeergeist é feito como uma infusão . Como o baixo teor de açúcar das framboesas pode produzir apenas uma quantidade limitada de álcool, o Himbeergeist é criado macerando frutas frescas em álcool neutro 95,6% puro. A mistura é então mergulhada por várias semanas para extrair a essência de framboesa, destilada, diluída com água purificada e engarrafada com 40% ABV ou mais forte.

Schnaps

Schnapps ou schnaps é um tipo de bebida alcoólica que pode assumir várias formas, incluindo aguardentes de frutas destiladas, licores de ervas, infusões e “licores com sabor” feitos pela adição de xaropes de frutas, especiarias ou aromas artificiais a destilados de grãos neutros.

O mais famoso do mundo é alemão.

U$ 119 em média.

Schladerer tem sua origem na pequena cidade de Staufen, na histórica Floresta Negra da Alemanha. Mais de 160 anos atrás, Sixtus Schladerer começou a fazer conhaques de frutas para os hóspedes em seu restaurante. O Himbeergeist era algo intimista, para ser feito à mão e servido aos amigos íntimos. É com essa crença em mente que a Schladerer ainda é uma propriedade familiar e adere aos valores tradicionais de responsabilidade e compromisso com a qualidade acima de tudo.

Na Alsácia: Eau-de-Vie, Framboise Savage.

“A nossa aguardente de framboesa é feita a partir da maceração da fruta durante várias semanas, seguida da destilação em pequenos alambiques artesanais.O resultado é um aroma de fruta muito suculento e denso, com entrada na boca sem agressividade e com uma doçura muito impressionante.Produção garantida destilada na propriedade”

Jean-Paul Mette
distillerie-mette.com
Edition limitée - Framboise 45° - 70cl - Distillerie JP METTE
Mette Edition limitée – Eau-de-vie Framboise 45° – 70cl€ 67,00 EUR
Distillerie Metté - La Passion du Vin
Conhaque de framboesa selvagem 45 °
€ 62,00 

Este eau-de-vie de framboesa selvagem tem uma sensação excepcional. 
Seu aroma sugere que você traga uma cesta de frutas recém-colhidas para o copo.

A entrada na boca é discreta, fina e leva no meio do palato a uma explosão de sabor. 
Um prazer único!

Esse post é apenas mais um capítulo do e-book Alsácia, que você receberá grátis ao adquirir o curso DE LEIGO A ESPECIALISTA.
Entenda de vinhos e bebidas como um especialista. COMPRE AGORA de R$99,00 por apenas R$49,90 (promoção de quarentena).


Cerejas de maio: memórias de uma criança da II Guerra Mundial por [Judy Botler, Autografia]
Clique na Imagem ou no link abaixo.

Cerejas de maio: memórias de uma criança da II Guerra Mundial 
eBook Kindle R$19,90 ou receba o livro impresso em casa por apenas R$60,00.
Sinopse: No início do século XX, a crise econômica e duas guerras criaram a atmosfera ideal para a disseminação do ódio e do nacionalismo que transformariam o povo alemão. A família Grünebaum teve a estrutura abalada. Arthur foge da I Guerra para a França. A hiperinflação força Hertha a emigrar para o Brasil. Hilde, viúva com dois filhos, busca refúgio da fúria antissemita na Bélgica. A ameaça de deportação espanta o que sobrou da família. Numa sociedade maltratada pela crise econômica, complacente com uma moral distorcida, resta à menina Ellen a invisibilidade. Sozinha, ela sobrevive escondida por trás de uma falsa identidade. Baseada em fatos e personagens reais, esse drama continua atual.
Nota do sommelier: esse livro conta como a família produzia as bebidas a base de cereja.
https://amzn.to/3jeybBe

5 e-books, 400 págs.

Saiba tudo sobre Vinhos

Quer falar sobre vinhos como um especialista?

De R$ 49,90 por R$ 4,90

Cupom expira em 01/02/2020:

Dias
Horas
Minutos
Segundos
A promoção acabou. Aguarde a próxima.
Shape
Shape

Gostou dessa postagem?

Explore as anteriores.

Não esqueça de deixar sua crítica, sugestão ou dúvida nos comentários. AJUDE O BLOG TORNANDO-SE MEMBRO OU CLICANDO EM UM ANÚNCIO.

12 respostas

    1. É sim. É tendência mundial entre o pessoal que quer melhorar o mundo derrubando o que já está pronto pra construir outro no lugar. Se você achou nojento, você é normal como eu. Como a maioria.

  1. Sem álcool em gel já estaríamos todos mortos, mas parece que algumas pessoas não entendem como é importante ouvir os especialistas.

  2. Para o brandy ser considerado Cognac, necess rio que as uvas tenham sido cultivadas, fermentadas e destiladas na Fran a, mais especificamente na regi o de Charente, ao norte de Bordeaux. l que est localizada a cidade de Cognac, que deu nome bebida.

    1. Não. Errado.
      O Conhaque originou-se na região de Cognac, próxima a costa leste, quando marinheiros franceses, precisando de espaço nos porões dos navios, resolveram destilar o vinho popular produzido ali. Do acondicionamento dessa bebida destilada em barricas de carvalho, surgiu a cor dourada, hoje típica do conhaque. A região não fica em Bordeaux, fica longe, bem ao norte do outro lado do Garona (Garonne).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
error: Quer uma cópia do artigo? Me peça via WhatsApp. É grátis!