fbpx

Mais uma postagem politicamente incorreta pra pra você.

Vodka: tudo sobre essa bebida tão amada.

Conteúdo protegido. Quer uma cópia? Comente, compartilhe e me chame no WhatsApp.

O que você imaginar, personalizamos pra você.

Surpreenda no presente de casamento, bodas, aniversários. Clique na imagem e saiba mais no site do fabricante.

Por que a vodka é o destilado preferido dos barmens?

A resposta é simples, por ser quase inodora e sem sabor (exceto as saborizadas), isso facilita na combinação com frutas, compostas e licores, pois os aromas e sabores dos demais ingredientes ganham seu merecido destaque.

Onde nasceu a vodka?

Não há um consenso ainda. Apesar do nome ser originário da palavra russa vóda, que significa água ( vodotchka ou vodka significam aguinha), não podemos afirmar com certeza a sua origem. A corrente majoritária afirma que ela nasceu na Rússia, a segunda maior corrente afirma que ela nasceu na Polônia, mas historiadores ainda incluem Finlândia, demais países do leste europeu e até o Japão e a China, portanto é correto afirmar um sincero não sei quando alguém lhe perguntar sobre a origem da vodka.

Do que é feita a vodka?

Diferente dos demais destilados que têm legislação restritiva quanto à matéria prima, a vodka pode ser feita de qualquer coisa que gere álcool: cevada, trigo, centeio são os mais usados nas vodkas premium, mas elas também podem ser feitas com gramíneas como a cana-de-açúcar, tubérculos como a beterraba e batata, uva, etc.. No Brasil a maioria das vodkas são feitas de cana-de-açúcar, por esse motivo percebemos claramente a diferença entre as vodkas importadas do leste europeu, produzidas com cereais e tubérculos. No final adiciona-se água até alcançar o teor alcoólico desejado.

Qualquer país pode produzir vodka?

Sim. A vodka não tem determinação de origem como a maioria dos destilados:

– a cachaça só pode ser produzida no Brasil (cana-de-açúcar);

– o conhaque e armanhaque só pode ser produzido na França (uvas);

– o pisco só pode ser produzido no Peru e Chile (uvas);

– a tequila e o mescal só podem ser produzidos no México (agave, que é das famílias daquelas bromélias gigantes que encontramos em nosso litoral).

Percebi que essa relação é grande e vou criar uma postagem só sobre as origens dos destilados.

Qual a principal diferença entre a vodka e a cachaça?

O número de destilações e filtragens. A vodka recebe muitas, pois a intenção do destilador é obter um produto límpido, com menos sabor e aromas, já na cachaça o objetivo é inverso, quanto mais aroma e sabor melhor.

A vodka pode ser envelhecida em carvalho?

Não. O carvalho adiciona aromas e sabores, o que descaracterizaria o produto.

Qual a graduação alcoólica da vodka?

Por não ter uma legislação fixa como as bebidas com determinação de origem, a vodka pode ir de 38 até 60%, mas as russas e da maioria dos países do leste europeu têm 40%.

Numa futura postagem explicarei o passo a passo da fabricação da vodka.

Curiosidades sobre a vodka.

1- Durante a primeira e segunda guerras mundias ela foi usada como antisséptico para limpeza de feridas e de armas, além de estimulante para os soldados do leste europeu.

2- No final da década de 1970 as empresas russas produtoras de vodka foram ameaçadas de não mais poderem utilizar o nome vodka em suas bebidas sob o pretexto de que este nome (vodka) seria de uso exclusivo de companhias estrangeiras, uma vez que já produziam esta bebida há mais tempo.

Esta alegação se baseava em um decreto do governo russo de 26 de agosto de 1923 autorizando a produção de vodka naquele país, enquanto os outros países já a produziriam desde 1918. Entretanto, aquele decreto assinalava tão somente a permissão para a retomada da produção de vodka na Rússia, proibida desde 1917, ano da Revolução Russa, quando foi mantida a decisão dos governos czaristas de proibição de produção de bebidas alcoólicas desde 1914, durante a Primeira Guerra Mundial.

Esta questão foi resolvida e as indústrias estrangeiras renunciaram ao título de inventoras da vodka.

Pouco tempo depois foi a vez da Polônia alegar a descoberta e o inicio de produção da vodka. Após a publicação dos estudos realizados pelo historiador russo William V. Pokhlióbkin em seu livro História da Vodka em 1991, parece ter sido reconhecida a condição da Rússia como inventora da vodka, mas muitos historiadores não concordam e a vodka segue sem pátria mãe.

3- Em média, cada russo consome 18 litros de álcool por ano (meu amigo Nícolas bebe bem mais por mês, rsrsrs…), em sua maior parte é vodka e bebidas que a utilizam, o dobro daquilo que os especialistas consideram perigoso, e é por isso que 500 mil russos morrem por ano por causas ligadas ao álcool.

4- Estudos mostram que 25% dos russos morrem antes de alcançar os 55 anos de idade. Nos Estados Unidos, por exemplo, esse número é de 1%. De acordo com a pesquisa, a culpa está no consumo de vodka.

5– Em momentos de crise, os governos russos costumam pagar professores com vodka.

6- Uma vez o rei do Pop Michael Jackson pegou uma garrafa cheia de vodka e derramou no copo numa dessas reuniões sérias com todas aquelas pessoas e eu começou a beber a coisa toda num trago só. Ele engoliu e começou a respirar e todo mundo ficou em silêncio. Ele tinha enchido com água. Eles morreram de rir. 

Michael: “Eu adoro fazer coisas assim. Eu os peguei Shmuley. Eles pensaram que fosse vodka”.

7- Mais uma versão histórica sobre a origem da vodka.

O protótipo da vodka, era um destilado produzido a partir do suco da uva fermentado, e foi levado até a Rússia pelos genoveses, que estavam a caminho da Lituânia para estabelecer relações comerciais com essa parte da Europa. O caminho traçado pelos genoveses passava por Moscou, lá foram recebidos pelo príncipe da época (Dmítri Donskói) e lisonjeados com sua hospitalidade, o presentearam com essa bebida embriagante; entretanto, nessa época, os russos davam preferência à bebidas alcóolicas provenientes do mel (hidromel – obtido através da fermentação do mel) e também à cerveja (obtida a partir da fermentação de cereais).

Em 1429, o protótipo de vodka foi novamente levado à Moscou por estrangeiros, mas dessa vez, essa “acqua vitae” foi usada como medicamento e não mais como bebida alcoólica. É muito provável que o uso do álcool como medicamento deu impulso à produção da vodka russa. Seja como for, no século XV, nos mosteiros da Rússia moscovita, começou-se a produzir vodka de trigo russo. (O trigo é uma matéria-prima abundante na Rússia; ao contrário da uva, que era a matéria-prima usada no protótipo da vodka.)

No século XVI, a vodka passou a ser um produto de exportação russo e hoje ela é o terceiro destilado mais consumido no mundo (perdendo para o “Soju”, que é uma espécie de cachaça asiática, e para o conhaque).

Espero ter ajudado no enriquecimento de seus conhecimentos sobre essa maravilhosa bebida. Conhecimento não ocupa espaço.

Fontes e créditos:

Histórias engraçadas de Michael Jackson – Garrafa de vodka

Destilados pelo mundo

http://www.vodkas.com.br/historia-da-vodka.html

https://misteriosdomundo.org/17-fatos-impressionantes-sobre-a-russia/

Imagem: https://www.askmen.com/top_10/entertainment/top-10-vodkas.html

#vodka #origemdavodka #comoéfeitaavodka #históriadavodka #drinkscomvodka #vodkaecachaça #cachaça #soju #conhaque #armanhaque

5 e-books, 400 págs.

Saiba tudo sobre Vinhos

Quer falar sobre vinhos como um especialista?

De R$ 49,90 por R$ 4,90

Cupom expira em 01/02/2020:

Dias
Horas
Minutos
Segundos
A promoção acabou. Aguarde a próxima.
Shape
Shape

Gostou dessa postagem?

Explore as anteriores.

Não esqueça de deixar sua crítica, sugestão ou dúvida nos comentários. AJUDE O BLOG TORNANDO-SE MEMBRO OU CLICANDO EM UM ANÚNCIO.

12 respostas

    1. É sim. É tendência mundial entre o pessoal que quer melhorar o mundo derrubando o que já está pronto pra construir outro no lugar. Se você achou nojento, você é normal como eu. Como a maioria.

  1. Sem álcool em gel já estaríamos todos mortos, mas parece que algumas pessoas não entendem como é importante ouvir os especialistas.

  2. Para o brandy ser considerado Cognac, necess rio que as uvas tenham sido cultivadas, fermentadas e destiladas na Fran a, mais especificamente na regi o de Charente, ao norte de Bordeaux. l que est localizada a cidade de Cognac, que deu nome bebida.

    1. Não. Errado.
      O Conhaque originou-se na região de Cognac, próxima a costa leste, quando marinheiros franceses, precisando de espaço nos porões dos navios, resolveram destilar o vinho popular produzido ali. Do acondicionamento dessa bebida destilada em barricas de carvalho, surgiu a cor dourada, hoje típica do conhaque. A região não fica em Bordeaux, fica longe, bem ao norte do outro lado do Garona (Garonne).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
error: Quer uma cópia do artigo? Me peça via WhatsApp. É grátis!