fbpx

Mais uma postagem politicamente incorreta pra pra você.

Pra evitar ser uma das milhares de pessoas que perdem diariamente seus sites e blogs, recomendo seguir essas dicas de segurança.

WordPress: 10 dicas de segurança essenciais.

Conteúdo protegido. Quer uma cópia? Comente, compartilhe e me chame no WhatsApp.

O que você imaginar, personalizamos pra você.

Surpreenda no presente de casamento, bodas, aniversários. Clique na imagem e saiba mais no site do fabricante.

Imagem: site de ajuda do WordPress.

Quem começou a escrever em um blog ainda pode não ter noção dos perigos que corre diariamente, o principal deles é PERDER O BLOG.

Hackers usam robôs para tentar (milhares de vezes) acessar a área administrativa do teu site. Quando conseguem mudam login e senha e tudo o que investiu foi perdido pra sempre.

É só pesquisar no Google por “roubaram meu site” ou “não consigo mais acessar meu site/blog” pra ver que o problema é mais comum do que podemos imaginar.

Hoje vamos aprender a evitar isso.

Antes delas eu destaco uma aqui, separada das demais por ser a mais fácil de executar e a mais importante:.

Proteja a página de login e evite ataques de força bruta.


Todos conhecem a URL padrão da página de login do WordPress. O backend do site é acessado a partir daí, e essa é a razão pela qual as pessoas tentam entrar na força bruta. Basta adicionar /wp-login.php ou /wp-admin/ no final do seu nome de domínio e pronto, o hacker já sabe a URL que deve atacar.

O que recomendamos é personalizar o URL da página de login. Essa é a primeira coisa a ser feita para começar a proteger seu site.

Agora vamos às 10 dicas.


10 dicas de segurança de seu blog / site WordPress.

Isso vale pra qualquer outra hospedado, não só pra WordPress.


1 fazer backup diários.


2 manter o site atualizado na última versão WordPress.


3 só usar puglins oficiais. Nunca de sites de downloads. o mesmo vale para temas.


4 não acessar a área administrativa do site de qualquer lugar. É muito fácil ‘colocar vírus em um roteador.


5 fazer senha forte de verdade.


6 colocar recapctha pra vc e outros ADM acessar a área administrativa do site.


7 limite o número de tentativas de logins. Os hackers usam robôs que tentam de 1000 a 2000 vezes.


8 SSL: consiga um. hoje é essencial. Ele criptografa todas as informações entre teu site, o do leitor e o de terceiros, como os de compra. Hostgator oferece SSL grátis.


9 use firewall externo: Instale o Fire Step Cloudfare.


10- 3 plugins obrigatórios:  All In One; Login Attempt; Wordefense Security.
Use um dos 3. o primeiro e o último são mais completos.


Fonte:

Go Cache

Ajuda: Segurança do WordPress (em espanhol)

5 e-books, 400 págs.

Saiba tudo sobre Vinhos

Quer falar sobre vinhos como um especialista?

De R$ 49,90 por R$ 4,90

Cupom expira em 01/02/2020:

Dias
Horas
Minutos
Segundos
A promoção acabou. Aguarde a próxima.
Shape
Shape

Gostou dessa postagem?

Explore as anteriores.

Não esqueça de deixar sua crítica, sugestão ou dúvida nos comentários. AJUDE O BLOG TORNANDO-SE MEMBRO OU CLICANDO EM UM ANÚNCIO.

12 respostas

    1. É sim. É tendência mundial entre o pessoal que quer melhorar o mundo derrubando o que já está pronto pra construir outro no lugar. Se você achou nojento, você é normal como eu. Como a maioria.

  1. Sem álcool em gel já estaríamos todos mortos, mas parece que algumas pessoas não entendem como é importante ouvir os especialistas.

  2. Para o brandy ser considerado Cognac, necess rio que as uvas tenham sido cultivadas, fermentadas e destiladas na Fran a, mais especificamente na regi o de Charente, ao norte de Bordeaux. l que est localizada a cidade de Cognac, que deu nome bebida.

    1. Não. Errado.
      O Conhaque originou-se na região de Cognac, próxima a costa leste, quando marinheiros franceses, precisando de espaço nos porões dos navios, resolveram destilar o vinho popular produzido ali. Do acondicionamento dessa bebida destilada em barricas de carvalho, surgiu a cor dourada, hoje típica do conhaque. A região não fica em Bordeaux, fica longe, bem ao norte do outro lado do Garona (Garonne).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
error: Quer uma cópia do artigo? Me peça via WhatsApp. É grátis!